Notícias

17/11/2017 02:29

Desespero: Espancada por 8 anos em MT, mulher faz desabafo nas redes sociais; veja fotos:

Polícia

Quinta-Feira, 16 de Novembro de 2017, 13h:04 | Atualizado:

DESESPERO

Espancada por 8 anos em MT, mulher faz desabafo nas redes sociais

SUELEN ALENCAR 
Da Redação

Uma mulher “cansada” das agressões sofridas pelo ex-marido fez uma postagem no Facebook para revelar o drama que passa nos últimos oitos anos. O caso é da cidade de Tangará da Serra (240 km de Cuiabá).

De acordo com a postagem feita na última terça-feira (14), a mulher conta que ela e o filho eram diariamente espancados pelo seu companheiro. Além do texto de desabafo, a mulher posta imagens que chocaram a população e os conhecidos do ex-casal. Uma das fotos parece ser ‘tirada’ no exato momento em que o homem a espanca. 

Em outras imagens, a mulher mostra os ferimentos causados pelas surras como olhos, lábios e rosto com sangue e inchados. Uma foto do filho mostra a criança deitada na cama com diversos hematomas nas costas. 

“Venho aqui contar minha história com meu ex-marido que vivi 8 anos e tenho 1 filho com ele... o qual agride meu filho também...cansei de esconder... estou agora com a terceira medida protetiva...pois final de semana ele jogou a moto sobre meu carro e tentou quebrar o vidro pra me agredir”, desabafou a mulher.

A vítima relatou que, sempre que denuncia, o marido demonstra “arrependimento” e pede perdão. Agora, pede auxílio para manter a denúncia e que as medidas contra o marido sejam efetivamente concretizadas.

“Ele sempre vem pedir perdão e faz minha cabeça pra retirar a queixa e medida protetiva...e eu trouxa acredita nele e retiro...assim que retiro ele volta a me agredir, me ameaçar e me caluniar, estou sofrendo pressão psicológica...e humilhação...mas dessa vez não irei retirar nada...preciso urgente de um advogado privado... se alguém puder me ajudar ... me chame inbox...”, diz texto publicado. 

De acordo como site Tangará em Foco, a Polícia Civil tem conhecimento do caso, mas que só poderá prende o suspeito mediante um flagrante ou com uma determinação judicial.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo