Notícias

24/11/2017 01:15

Calote do Prazer: Travesti dá tesouradas em cliente que não pagou e se entrega em delegacia em Várzea Grande

POLICIA

TRAVESTI DÁ TESOURADAS EM CLIENTE QUE NÃO PAGOU E SE ENTREGA EM DELEGACIA

2-policia.jpg

Travesti de 20 anos procura delegacia depois de atacar e ferir com tesouradas, um cliente, que não lhe pagou o combinado, durante programa, na região conhecida como Zero KM, em Várzea Grande, área de prostituição.

Adbe Marques da Silva, que utiliza o nome social de "Talita" tomou um táxi após o fato na madrugada desta quinta-feira (23) e procurou a Central de Flagrantes de Cuiabá, no bairro Planalto.

"Talita" explicou que resolveu se entregar após tentar matar o cliente, porque já foi presa anteriormente, e sabe das consequências.

Ela conta que combinou valor de R$ 100 com o cliente e que foram para um motel na região do Jardim Potiguar, Zero KM, em Várzea Grande, onde ela trabalha fazendo programas sexuais.

Após a relação, o homem, que ela desconhece nome, profissão e local de residência, se negou a pagar. Ela então foi até o local onde esconde uma tesoura, para se defender de agressões, comuns na profissão, pegou o objeto e atacou o cliente.

"Dei duas tesouradas, uma na cabeça e outra nas costas", relata. Ela alega que não sabe o que houve com o homem, mas acredita que procurou atendimento médico. Em seguida, tomou um táxi e procurou a Central de Flagrantes para relatar o ocorrido.

"Já fui presa, então antes que fossem atrás de mim, eu mesma me entreguei e se a pessoa mexe com travesti e não paga, apanha mesmo".

"Talita" permaneceu detida na unidade e deve ser autuada por lesão corporal ou tentativa de homicídio.

(Com conteúdo GD)


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo