Notícias

19/04/2018 16:47

Tarado: "Guru espiritual" é preso por estuprar adolescentes em MT

Polícia

Quinta-Feira, 19 de Abril de 2018, 10h:37 | Atualizado:

TARADO

"Guru espiritual" é preso por estuprar adolescentes em MT

Suspeito atraía as vítimas prometendo trazer namorados de volta

TVCA

guru-espiritual.jpg

 

Um homem de 36 anos está preso suspeito de ter abusado de mais de 10 adolescentes em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, ele teria abusado sexualmente de menores entre 13 e 16 anos. Para atrair as meninas, ele prometia apoio emocional quando elas passavam por alguma decepção amorosa.

Fredson Wilian dos Reis Lemes, de 36 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Mato Grosso. A Polícia Civil não divulgou se ele confessou ou negou os crimes.

Segundo a delegada Judá Marcondes, que comanda as investigações, Fredson se apresentava como guia espiritual para atrair garotas que sofreram uma decepção amorosa. Ele iludia as vítimas dizendo faria um trabalho que levaria até a reconciliação com o ex namorado.

Para isso as meninas tinham de que tomar um banho de ervas e permitir que o guia espiritual tocasse o corpo delas. Os abusos eram cometidos na casa dele.

De acordo com a delegada, ele as abusava de todas as maneiras. Quando elas questionavam, ele falava que precisava começar com estas intimidades até chegar a conjunção carnal.

“Ele dizia que com a conjunção carnal elas, de fato, conseguiriam reatar o namoro retirar o ‘espírito’ que estava nas meninas, para que elas conseguissem conquistar o amor que elas desejavam”, disse a delegada.

Quando as vítimas questionavam, o suspeito fazia ameaças dizendo que ‘espíritos’ voltariam e que ele faria trabalhos espirituais contra elas. Fredson mandava mensagens de madrugada pedindo que as vítimas se encontrassem com ele.

A delegada já ouviu várias testemunham que confirmam a prática criminosa do suspeito. Foram mais de 10 vítimas identificadas, mas a polícia acredita que o número possa ser maior que isso.

Para cada vítima foi aberto um inquérito. Se for condenado por estupro de vulnerável, Fredson pode ser condenado de 6 até 10 anos de prisão em cada caso.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo