Notícias

26/04/2018 06:32

Absurdo: Em ofício, a médica Letícia Bortolini confirma que só falará sobre atropelamento de verdureiro em juízo

Notícias / Cidades

Em ofício, médica confirma que só falará sobre atropelamento de verdureiro em juízo

Da Redação - Wesley Santiago

25 Abr 2018 - 16:51

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto/Reprodução

Em ofício, médica confirma que só falará sobre atropelamento de verdureiro em juízo
A médica Letícia Bortolini, 35 anos, responsável pelo atropelamento e morte do verdureiro Francisco Lucio Maia, 48 anos, confirmou ao delegado Christian Cabral, titular da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), que falará sobre o caso somente em juízo. A defesa encaminhou um ofício às autoridades mencionando a questão.
Leia mais:
Médica se recusa a depor sobre morte de verdureiro e marido será ouvido hoje
 
Como já informado pelo Olhar Direto, a dermatologista havia se negado a prestar depoimento ao delegado. Foi solicitada uma nova oitiva pelo titular da Deletran. Porém, a defesa da médica encaminhou um ofício dizendo que sua cliente somente prestará os esclarecimentos em juízo.
 
“Embora não se oponha a realização de um novo interrogatório a requerente se reserva ao direito de permanecer em silêncio durante o inquérito policial (art.5°,inc. LXIII, da CF), manifestando-se acerca dos fatos apenas em juízo”, diz trecho do ofício encaminhado ao delegado.
 
Agora, o delegado apenas aguarda a entrega de alguns laudos para finalizar o inquérito e encaminhá-lo à Justiça.
 
O marido de Letícia, o médico urologista Aritony Alencar, durante depoimento que concedeu no dia 17 de abril, disse que não chegou a ver Letícia consumindo bebida alcoólica, no entanto, horas antes do acidente, ela compartilhou três fotos no Instagram, onde aparece atrás de uma máquina de cerveja. Em outra foto, também é possível ver um copo. Uma das filhas do verdureiro compartilhou as postagens no Facebook, que foram apagadas horas depois. 
 
O caso
 
Um verdureiro de 48 anos identificado como Francisco Lucio Maia, 48, morreu na noite deste sábado (14), após ser atropelado pela médica Letícia Bortolini, 35, na Avenida Miguel Sutil, região do bairro Cidade Verde, em Cuiabá. Letícia estava em um Jeep Compass, com o marido, e ambos fugiram sem prestar socorro à vítima. Na mesma noite, ela acabou sendo presa e encaminhada ao Cisc Planalto. No entanto, Letícia foi solta ontem (16) após o desembargador Orlando Perri conceder habeas corpus.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo