Social

29/04/2018 03:27

Morre, aos 86 anos, o humorista Agildo Ribeiro

LUTO

Morre, aos 86 anos, o humorista Agildo Ribeiro

EXTRA

O humorista Agildo Ribeiro morreu, aos 86 anos, no Rio de Janeiro, neste sábado, informa o colunista Ancelmo Gois. Nascido em 26 de abril de 1932, o ator foi um dos comediantes de maior sucesso no país. Atuou em sua primeira peça em 1953, "Joãozinho anda pra trás".

Agildo Ribeiro integrou o elenco de programas pioneiros da TV Globo. A estreia foi no seriado "TNT", em 1965, no qual interpretava um repórter que narrava a história de três jovens modelos, Tânia (Vera Barreto Leite), Nara (Márcia de Windsor) e Tetê (Thais Muiniz Portinho). O humorista estava longe da TV desde 2016, quando fez "Zorra total". Em março, ele foi o grande homenageado do prêmio.

Foi no Colégio Militar que Agildo começou a mostrar o talento. Ele juntava os alunos para assistir a suas imitações dos professores. Acabou aconselhado a sair da escola. Para desespero do pai, o tenente comunista Agildo Barata, foi parar no teatro. Depois que fez as primeiras peças como bailarino de teatro de revista — sim, Agildo era “boy”, como se chamavam os dançarinos na época — enfileirou uma dúzia de bons papéis no cinema, teatro e televisão. Era, como ele mesmo diz, magrinho, arrumadinho, bem bonitinho.

O ator é parte de uma geração que marcou época. Costinha, Golias, Dercy Gonçalves, José Vasconcelos, Chacrinha, Paulo Silvino, Chico Anysio, Lúcio Mauro, Jô Soares, entre outros.

Casou três vezes. Em entrevista ao GLOBO em março deste ano, Agildo comentou as mulheres de sua vida. Com Consuelo Leandro (“Era ótimo, mas dois humoristas casados não dá muito certo. Tem hora que pede seriedade”), Marília Pera (“A Marília era foda, né?”) e Didi Ribeiro (“Foi o amor da minha vida”).

Ainda não há informações sobre o velório do ator.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo