Sophia (Marieta Severo) de O Outro Lado do Paraiso
Sophia (Marieta Severo) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)
 

Mesmo debilitada após sofrer AVC, Sophia (Marieta Severo) não vai deixar de atormentar a vida de seus inimigos em O Outro Lado do Paraíso. Hospedada na casa de Estela (Juliana Caldas), a megera vai planejar acabar com a vida de Caetana (Laura Cardoso) e Xodó (Anderson Tomazzini) para que eles não deponham contra ela no tribunal.

 

Sophia sofrerá AVC no julgamento e ficará aos cuidados de Estela para se recuperar em O Outro Lado do Paraíso

A vilã recebe a visita de Zé Victor (Rafael Losso) e pede para falar com o empregado a sós. “Tá com a voz fraca, dona Sophia”, percebe o garimpeiro. “Mas meu cérebro continua muito bom. Zé Victor, quando eu entrei naquele tribunal, tive um choque”, revela. “Eu vi que a senhora teve um ataque”, diz o rapaz. “Foi porque vi o Xodó. Não esperava que estivesse lá. Perguntei ao meu advogado. Faz parte das testemunhas de acusação”, conta.

 

Acuada, Sophia ameaça Gael: “Te dou uma chance. Volta atrás”

Zé Victor vai estranhar. “Ele não tem do que acusar a senhora”, afirma. “Aí é que está. Eu devia ter sido mais esperta. Depois da morte do Rato, várias vezes notei um olhar estranho do Xodó pra mim. E quando foi demitido, também. Me olhou de uma forma que não gostei”, ressalta. “Agora to lembrando”, concorda o garimpeiro. “Ele sabe de alguma coisa ou não estaria entre as testemunhas de acusação. Zé Victor, ele pode ter visto algo a respeito do Rato (César Ferrario) ou do Mariano (Juliano Cazarré)”, acredita.

Zé Victor vai lamentar não ter percebido nada antes. “Diabo. Eu também achei que ele tava com uma cara esquisita, mas é que a gente nunca se deu bem”, diz. “Eu preciso que você mate o Xodó. Aproveite e dê cabo daquela velha também. Dona Caetana”, exige. “Dona Sophia, crime de morte é muito sério”, se assusta o garimpeiro.

Mas Sophia sabe como despertar a ganância do empregado. “Meu celular… Eu deposito uma grande soma na tua conta. Agora. Faço a transferência pelo celular. 50 por cento. Depois mais 50 por cento. Veja esse número, bem arredondado”, oferece. “Gostei”, diz o empregado. “Mate os dois. Sem envolver meu nome”, determina Sophia. “Eu aceito. A velha é fácil. O Xodó eu dou um jeito. Mas mato. Conta comigo. Os dois já tão morto”, acata.